Vera Cruz

Caracterização

Vera Cruz é um município essencialmente urbano, freqüentado nos finais de semana normalmente pelas classes média e média-alta da capital baiana, das cidades do Recôncavo. Sol e Praia (turismo e lazer) é o principal atrativo natural de Vera Cruz, que ainda tem Rios que banham falésias; espelhos d’água que retratam o verde do manguezal; fontes de água potável à beira-mar; restinga de mata atlântica com trilha para o turismo de aventura e o mais belo cenário do planeta para a prática dos esportes náuticos (regatas) e o aéreo (pára-quedismo). Ruínas de igrejas, de fornos e de moinhos representam os atrativos históricos. A cultura é retratada fortemente pelas festas religiosas com procissões marítimas e terrestres. A Folia de Reis, o Bumba-Meu-Boi, a Puxada de rede, o Maculelê, a Capoeira, as festas de largo e o carnaval compõem o folclore de Vera Cruz. A Igreja do Nosso Senhor da Vera Cruz é o mais importante Patrimônio Histórico da ilha de Itaparica, (Sec. XVI) está localizada no povoado de Baiacú, (Vila de Pescadores).

População

37.511 habitantes

Oferta hoteleira

Meios de hospedagem: 89

UHs: 1.452

Leitos: 3.364

História

O município de Vera Cruz, localizado na Ilha de Itaparica, teve início com a povoação e construção da Igreja do Senhor de Vera Cruz. Atualmente, a igreja está em ruínas e está localizada no povoado de Baiacu. Desenvolvida por meio da cultura do trigo, em engenho localizado na região de Mar Grande (atual sede do município). No entanto, mais de 400 anos após a fundação da freguesia, Vera Cruz explora o turismo como forma de desenvolvimento do município criado em 1962. Hotéis e casas de veraneio fazem do local um dos mais procurados por turistas que desejam desfrutar do sol e praia, além dos esportes radicais e náuticos. O município possui 40 km de praias banhadas por águas mornas e protegidas por recifes, na costa leste, e um verdadeiro santuário ecológico na contra costa.

Economia

Gastronomia

Artesanato

Municípios beneficiados