Oportunidades de Negócios no Turismo Náutico e Cultural

O Turismo é um importante segmento econômico para a Bahia, gerador de emprego, renda e de oportunidades de negócios. O Estado da Bahia possui uma vocação explícita para o turismo, sendo um dos principais destinos do país, por seus atributos naturais e culturais, que caracterizam a sua identidade como destino turístico. Um dos aspectos que tornam a Bahia diferenciada dos demais destinos é a sua hospitalidade, a alegria do seu povo, aliada ao clima ameno, diversidade cultural, história, gastronomia, música e religiosidade.

Com vistas ao desenvolvimento integrado do turismo, a Secretaria do Turismo do Estado da Bahia estabeleceu a sua Geografia Turística, abrangendo 13 Zonas Turísticas, que oferecem experiências em diversos segmentos, a exemplo do Sol e Praia, Turismo Náutico, Turismo Cultural, Ecoturismo, Turismo de Negócios e Eventos, Turismo Religioso e Turismo Étnico-Afro e Indígena.

Conectividade Aérea

A Bahia possui dois aeroportos internacionais – um em Salvador e outro em Porto Seguro. Regionalmente, a Bahia tem mais 11 aeroportos e pistas de pouso que operam com voos comerciais domésticos, com destaque para as novas operações em Comandatuba, Guanambi e Mucugê.

Potencialidades Náuticas

Com um litoral de 1.183 quilômetros, o mais extenso dos estados brasileiros, a Bahia detém um potencial náutico único, que oferece oportunidades de negócios na implantação de equipamentos e prestação de serviços náuticos, como a construção e aluguel de embarcações, implantação e operação de bases náuticas, desenvolvimento e operação de roteiros náuticos, organização de eventos esportivos e oficinas de manutenção.

A Baía de Todos-os-Santos é o principal destino náutico do Estado, declarada sede da “Amazônia Azul” pela Marinha do Brasil, para ampliar o conceito de “Amazônia Verde”, haja vista que o território marítimo brasileiro e a floresta amazônica guardam dimensões e riquezas equivalentes.

Além da Baía de Todos-os-Santos, outras zonas turísticas possuem potencialidades náuticas.

Na Costa do Dendê, Morro de São Paulo, terceiro destino turístico da Bahia e localidade-âncora da referida zona turística, é facilmente acessado por via náutica, a partir da Baía de Todos-os-Santos. Essa zona turística também oferece uma gama de opções de lazer e entretenimento na Baía de Camamu, a terceira maior baía do Brasil, com outros destinos náuticos que dispõem de águas navegáveis, mornas e com poucas variações de temperatura, propícias para a prática de esportes náuticos, mergulho, snorkeling e pesca.

Na Costa do Cacau, famosa pelas praias paradisíacas e a preservada Mata Atlântica, onde se cultiva cacau de excelente qualidade, Ilhéus se destaca como o segundo destino de Cruzeiros Marítimos do estado. A Lagoa Encantada destaca-se como ponto de pesca, esta, situada a 13 km da estrada Ilhéus–Itacaré, este último, referência para o surf mundial. Mais ao norte de Itacaré, encontra-se a Península de Maraú, com destacados destinos para mergulho de contemplação.

Ao sul de Ilhéus, Canavieiras é a saída marítima mais próxima do banco Royal Charlotte, um prolongamento da plataforma continental que se ergue a mais de 2.000 metros de profundidade formando um anteparo às correntes marinhas submersas, alterando a temperatura da água e beneficiando a fauna local, onde tem uma concentração muito grande de peixes, principalmente peixes de bico, como o marlim-azul, dourado e marlim-branco. Canavieiras também oferece possibilidades de navegação fluvial, através de canais internos, rodeados de vegetação de manguezal e restinga, que alcançam o município de Belmonte, na Costa do Descobrimento, esta, marco inicial do descobrimento do Brasil, propícia para a operação de passeios náuticos ao longo do seu litoral.

Na Costa das Baleias, no extremo sul do Estado, o Arquipélago de Abrolhos, acessado a partir das cidades de Caravelas e Nova Viçosa, é renomado pelos seus pontos de mergulho e avistamento de baleias jubartes, que procriam nas águas mornas da Bahia, de julho a novembro.

Além do litoral, a Bahia também possui potencialidades náuticas no interior, a exemplo do Lago de Sobradinho, na zona turística Vale do São Francisco, ao norte do Estado, região conhecida pela produção de manga, melão e duas safras de uvas anuais. O passeio do Vapor do Vinho, que sai da cidade de Juazeiro, inclui travessia pela eclusa do lago e visitação a uma vinícola, e permite vivenciar desde o cultivo da uva, até a produção e degustação do vinho. Outra opção para a náutica é a zona turística Lagos e Cânions do São Francisco, região conhecida pela produção de energia elétrica e pelos seus cânions navegáveis, propícios a competições náuticas, além de belas praias fluviais e intensa atividade do turismo de aventura, particularmente na cidade de Paulo Afonso.